segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Brechós


Eu sou totalmente apaixonada por brechós. Não tenho muito dinheiro, então, quando eu compro o que quer que seja, prefiro comprar barato, e os brechós me auxiliam muito nisso.
Já queria fazer um post sobre essas lojinhas que eu tanto amo há um tempo. Mas só fui impulsionada mesmo a fazer depois que conheci o blog  e que comecei a me corresponder com a Manu, a dona do blog http://guiadebrechosdorio.wordpress.com/ e autora do livro “O Guia de Brechós do Rio”, que ainda não foi lançado. Enfim. Posto a seguir alguns dos meus achados em brechós, com os respectivos preços:



Blusa rosa caveirinha – R$ 6,50
Saia Jeans – não lembro, mas foi entre R$ 4,50 e R$ 7
Saia preta e roxa – R$ 1
Saia xadrez vermeha – R$ 8,50
Blusa Brasil – R$ 4,50
Saias pretas de festa – R$ 12 cada
Corselete lilás – R$ 12
Vestido preto – R$ 4
Bolsa Théâtre Musical (by Colcci) – R$ 1
Bolsa de poá (não comprei em brechó, foi em Madureira, mas tive que incluir...) – R$ 8

E como não poderiam faltar, meus achados literários:
Jane Eyre – R$ 1,50 (numa edição anterior a 1964!)
Biografia da Audrey Hepburn – R$ 5
Samantha Sweet, executiva do lar – R$ 5 (acho que, numa livraria, você não compra por menos de 50 reais...)
Madame Bovary – R$ 2
Harry Potter e a Pedra Filosofal – R$ 3,50 (acho que foi o meu maior achado!)
Tem muito mais, mas fiquei com preguiça de postar tudo... Só mais alguns: “Incidente em Antares” (Érico Veríssimo) por R$ 8,50; “A mãe do Freud” (Luís Fernando Veríssimo) R$ 3; “O Homem que matou Getúlio Vagas” e “O Xangô de Baker Street (Jô Soares) R$ 12 cada; “O Fantástico Mistério de Feiurinha” (Pedro Bandeira) R$ 2; fora todos os livros da Agatha Christie, que você encontra em brechós por preços que variam de R$ 4,50 a R$ 8,50. E se fosse postar também todos os livros que troquei... nossa, seria um post quase eterno!
Gostou? Conhece algum brechó legal? Me manda o endereço!
Ps.: desculpem-me pela péssima qualidade as fotos. Não sei tirar fotos boas...

2 comentários:

  1. manu - guia de brechós do Rio16 de agosto de 2010 14:35

    Adorei Juliana !! Brechó é tudo de bom mesmo: coisas lindas, baratas e exlusivas, e ainda tem a questão do reaproveitamento, super pró-planeta !! Vamos espalhar essa idéia...

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pelo comentário, Manu!

    É verdade, o brechó tem todas essas qualidades, e eu não consigo escolher a melhor... Ser barato? Ser exclusivo? Ser ecologicamente correto? Tem ainda outro fator: voc~e se sente quase um explorador num brechó. Tem que ter paciência pra encontrar algo bem legal com a sua cara, mas, quando você encontra, parece que você achou um baú de tesouros!

    Beijos beijos

    ResponderExcluir